Com queda da taxa Selic, bancos anunciam redução dos juros

Nos últimos dias, o Comitê de Política Monetária, anunciou a queda da taxa Selic, taxa esta referente aos juros básicos do sistema financeiro do Brasil, que regula os empréstimos de curtíssimo prazo que os bancos fazem entre si. Com esse anúncio, os bancos optaram por reduzir as taxas que são cobra

No último dia 11 de janeiro, o Copom (Comitê de Política Monetária), anunciou a queda da taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), de 13,75% para 13%.

 

A taxa Selic é a taxa de juros básica do sistema financeiro do Brasil, que regula os empréstimos de curtíssimo prazo que os bancos fazem entre si, explica o economista Eduardo Zylberstajn.

 

Com esse anúncio, os bancos optaram por reduzir as taxas que são cobradas dos consumidores, tanto pessoa física quanto jurídica.  Nos últimos dias, o Banco Central aumentou o ritmo de cortes nos juros, e fez uma redução de 0,75%. Esse foi o maior corte desde abril de 2012.

 

Essa queda da taxa básica de juros é bastante esperada pelo mercado imobiliário. De acordo com comunicado divulgado pelo Banco do Brasil, há uma redução de juros em diversas linhas de crédito que são oferecidas pela instituição.

 

A maior redução será no rotativo do cartão de crédito, de 4 pontos percentuais, informou o Banco do Brasil. Essa ação antecipa parte dos efeitos das medidas propostas pelo governo Michel Temer que serão implementadas a partir de abril.

 

Para pessoas jurídicas, as linhas de Desconto de Cheques, Antecipação de Crédito ao Lojista e Desconto de Títulos tiveram redução de 0,25 ponto percentual. Essas novas condições nos empréstimos e financiamentos estarão disponíveis aos clientes do Banco do Brasil a partir do dia 16 de janeiro.

 

Fonte: ZAP em Casa